quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Caralho a quatro


Tão démodé um foda-se nos dias de hoje. As ledes são os sonhos atuais. O transito é sufocante e maior que ele só os financiamentos com propostas tentadoras. Tão normal matar pra não morrer. Vamos gritar contra ou a favor, liberar e não liberar!                                                                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário