segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Sem Espelho


Seu reflexo no seu rosto, seu egoísmo no espelho, um conteúdo mastigado, reformulado! A cada olhar uma procura pelo reflexo remodelado quase sempre escravo do não ser...
Se isso se parte seu reflexo vai ao chão seu caráter se espedaça sem que você possa progredir.
Uma busca intermitente pela existência surreal, pelo reflexo do que não pode ver daquilo que procura ter!
"A forma e o reflexo se observam. Tu não és o reflexo, mas o reflexo és tu."

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

No terceiro round


A escolha decisiva sentencía o fim da luta.
Encabeçando frustrações quase sempre sufocadas e sem audácias.
As dores começaram a apreciar seu corpo logo no primeiro e a
necessidade de estar de pé logo no segundo.
Distintos competidores mais experientes foram levados a locaute com extrema eficácia logo no terceiro.

Crack!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Na terra toda sequela







É irônico homenagear a natureza, proteger os animais, cultivar a paz e tudo mais.
Agora é moda lutar pelos direitos, discutir libertação e fazer campanha pela paz?
Estamos com a mente ainda encarcerada, com as próprias chaves em mãos.
Como os pensamentos são distorcidos, manipulados a cada dia a cada dia penso em matar o que nos mantém preso nesse constante ritmo não satisfatório.